No final do século 19, os diamantes foram descobertos na África do Sul e o mercado inundou.

Para manter o valor dos diamantes, Cecil Rhodes comprou e fundiu
todos os campos de mineração da África do Sul e as empresas que
neles trabalhavam, incluindo uma propriedade de dois irmãos com o
sobrenome De Beer. A De Beers Mining Company foi formada,
monopolizando toda a produção e distribuição de diamantes vindos da
África do Sul.
Como a empresa controlava a distribuição e o fornecimento da maioria
dos diamantes do mercado, eles criaram a falsa escassez do produto
e, portanto, aumentaram os preços. Além disso, em 1938 eles
promoveram sua famosa campanha de marketing, “um diamante é
para sempre”.
Programa de indicação interna
Sua campanha convenceu os consumidores de que os
diamantes são iguais ao amor e que quanto maior o diamante, maior a
expressão do amor.
Hoje, quase todos os noivos estão provando seu compromisso um
com o outro com anéis de diamante, um resultado direto da campanha
de marketing da De Beers . Eles provaram que limitar a oferta estimula a
demanda e que criar fortes associações emocionais com os produtos
é uma estratégia extremamente bem-sucedida.
16. Deleite-se com o entretenimento.

Leave a Reply

Your email address will not be published.