Trindade - GO | Domingo, 01 de Fevereiro de 2015

Em Goiás mulher morreu atropelada pela carreta do suposto namorado

Em Goiás mulher morreu atropelada pela carreta do suposto namorado
Em Goiás mulher morreu atropelada pela carreta do suposto namorado

Nesta última sexta-feira (30) uma mulher de 35 anos morreu após ser atropelada por uma carreta bitrem nas proximidades da empresa Coca-Cola no setor Barcelos no município de Trindade (27 km de Goiânia). De acordo com a Polícia Militar, o homem que conduzia a carreta, tinha um relacionamento com a mulher identificada como Telma Gomes Ferreira. Segundo informações, eles estavam em um bar ao lado da fábrica momento em que tiveram um desentendimento. Durante a discussão o homem saiu do local e entrou na carreta que estava estacionada próximo ao estabelecimento. A mulher inconformada foi atrás e os dois continuaram a briga disseram testemunhas. Assim que a mulher percebeu que o homem deu partida e estava indo embora ela correu e se agarrou na carroceria do pesado veículo, mas acabou se desequilibrando e caindo entre as rodas da carreta. A parte de trás do veículo passou por cima da mulher que foi arrastada por alguns metros e teve o corpo esmagado vindo a morrer na hora. Após o atropelamento o motorista fugiu do local sem prestar socorro à vítima. O corpo de Telma foi recolhido e encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) de Goiânia. Ainda segundo informações, a vítima era mãe de duas crianças com síndrome de down. Uma nota foi enviada pela empresa Refrescos Bandeirante informando que o acidente aconteceu fora das dependências da empresa. "Informamos que o acidente que ocorreu no último dia 30/01, foi fora das dependências da empresa Refrescos Bandeirantes e que a vítima não tem nenhum vínculo empregatício com a empresa, a transportadora responsável pelo caminhão já está tomando todas as providências necessárias." O caso está sendo investigado pela Delegacia de Polícia de Trindade.

Repórter Cidades / Plantão Policial Jerry Mesquita
WhatsApp (64) 9297 8263
Narração do vídeo: Alison Maia