Nova Iguaçu - RJ | Sexta, 17 de Abril de 2015

Dançarina de funk foi morta a tiros pelo próprio companheiro

A dançarina foi brutalmente assassinada pelo próprio companheiro
A dançarina foi brutalmente assassinada pelo próprio companheiro

No final da tarde desta última quinta-feira (16) a ex-dançarina do grupo Jaula das Gostozudas e da Gaiola das Popozudas foi assassinada a tiros no interior de sua própria residência em Nova Iguaçu (42 km do Rio de Janeiro). De acordo com agentes da Divisão de Homicídios da Baixada Fluminense (DHBF), vizinhos relataram que ouviram uma discussão vindo do interior da residência do casal localizada na rua Constituição no bairro Posse e em seguida teriam ouvido vários disparos de arma de fogo. Após o crime o marido da vítima identificado como Milton Severiano Vieira de 32 anos, conhecido como “Miltinho das Vans” roubou o veículo VW Gol de um vizinho para fugir do local. Ao ser localizado pelos agentes, o indivíduo tentou empreender fuga, mas perdeu o controle da direção do veículo vindo a capotar na rodovia Presidente Dutra. Milton foi levado ao Hospital da Posse sob escolta policial e com ele foram apreendidas 04 pistolas, uma espingarda calibre 12 e um colete balístico. O corpo da dançarina Amanda Bueno de 29 anos foi recolhido e encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML). As câmeras de segurança da casa da vítima registraram todo o crime. De acordo com as imagens, Milton derruba a mulher e bate violentamente várias vezes a cabeça dela contra o chão (veja vídeo abaixo). Em seguida ele dispara contra a cabeça da vítima com tiros de pistola e espingarda. O acusado que já tem 02 passagens pela polícia pelo crime de violência doméstica, após ser medicado foi levado para a DHBF onde permanece preso à disposição do Poder Judiciário.

Repórter Cidades / Plantão Policial Jerry Mesquita
WhatsApp (64) 9297-8263